n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0; t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0]; s.parentNode.insertBefore(t,s)}(window, document,'script', 'https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js'); fbq('init', '238905406756973'); fbq('track', 'PageView');

Dormir bem fortalece a memória, ajuda a controlar a diabetes e a hipertensão, diminui riscos de doenças vasculares, previne obesidade e depressão. Porém a posição que a pessoa escolhe para iniciar seu sono pode ser a causa de uma noite mal dormida.

Ao dormir em uma posição inadequada a pessoa pode acordar com dores nos músculos, nos membros, no pescoço ou mesmo na cabeça, além da sensação de sono não profundo e olhos com a sensação de que tem areia.

Para que sua noite seja completa e plena em um sono reparador, deve-se adotar uma posição adequada que lhe proporcione conforto corporal, para isso você deve aprender e adotar uma forma mais saudável de se posicionar na hora de dormir.

A melhor posição é aquela em que se deita completamente de lado, pois assim se consegue manter a coluna totalmente alinhada, permitindo que tanto a cabeça quanto os pés fiquem na altura do coração o que facilita muito a circulação sanguínea, fazendo com que seu corpo funcione normalmente durante o período em que você está dormindo.

Porém não adianta ficar de lado deitado de qualquer jeito, é necessário fazer alguns ajustes, tais como:

– O travesseiro, por exemplo, deve ter a altura do ombro para que a cabeça não fique inclinada ocasionando dores na região cervical;

– Colocar um travesseiro entre os joelhos para que ambos permaneçam na altura dos quadris alinhados ao tronco, este detalhe tão importante evita dores na lombar;

– A estrutura da coluna vertebral deve ser respeitada ao manter as curvas naturais deixando as pernas levemente flexionadas e o quadril relaxado para que não force o nervo ciático;

– Dormir com os braços em cima da cabeça pode acarretar dor nos ombros, bursite ou tendinite. O ideal é que você os posicione no prolongamento do corpo ou em frente ao tórax com os cotovelos flexionados, evite travesseiro baixo;

Dormir de barriga para cima não é uma posição mais indicada, mas também não é de todo ruim para o corpo, por conseguir relaxar satisfatoriamente impedindo torções e dores. Porém a coluna não fica perfeita, além de correr o risco de ter problemas como apneia, ronco ocasionado por essa posição, pois a língua vai para trás atrapalhando a respiração.

Para poder melhorar essa posição de barriga para cima, recomenda-se que o travesseiro seja baixinho evitando assim uma tensão na musculatura cervical e para garantir um relaxamento nas pernas coloque um travesseiro embaixo dos joelhos, o que permitirá que eles fiquem menos estendidos trazendo um relaxamento aos músculos das coxas e lombar.

Os braços devem permanecer ao longo do corpo ou com as mãos pousadas delicadamente sobre a região abdominal, não é recomendável posicionar os braços para o alto, gera desconforto ao longo da noite, pois dificulta a circulação sanguínea.

Dormir de bruços é contraindicado. Além de deixar o corpo reto o pescoço fica comprometido causando dores cervicais. Mesmo que muitas pessoas estejam acostumadas a dormir nessa posição, podem ocorrer problemas de cervicalgia, dor nos ombros, dores nas costas, bursite, tendinite. Pode ocorrer até algum problema envolvendo a arcada dentária favorecendo dentes tortos, pois ao dormir de bruços a face recebe pressão que fica pior se você colocar o braço ou algo firme embaixo da cabeça.

É natural que ao longo da noite o corpo mude de posição procurando sempre o conforto, porém a posição inicial que escolhemos antes de adormecer é que dirá como será o ponto de partida de uma noite prazerosa com um sono reparador.

Se você se movimenta demais durante a noite ocasionando sono agitado, precisa verificar se há alteração no sono por conta de algum distúrbio ou mal comportamento antes de deitar-se. Para isso deve-se observar, corrigir e ou procurar ajuda de um especialista.

Para mudar de uma posição errada para outra correta é necessário ajustes que no início parecerá incomodo, porém deve-se insistir. O corpo acostumado voltará a posição ruim, mas com o tempo o corpo vai aceitando e ficando na posição ideal se acostumando cada vez mais até o correto ficar condicionado. É uma questão de insistência para garantir um sono mais leve e reparador. Pode ser um processo cansativo, mas vale a pena insistir e conseguir melhorar a qualidade do seu sono.

PARTICIPE DO NOSSO WEBINÁRIO GRATUITO E SAIBA COMO ALCANÇAR O SONO REPARADOR ATRAVÉS DE MUDANÇAS DE HABITO

Deixe uma resposta